blockbr-logo-bc
Pesquisar
Close this search box.

6 respostas para você tokenizar ativos físicos

6 respostas para você tokenizar ativos físicos

6 respostas para você tokenizar ativos físicos

O criptomundo não para de surpreender positivamente, trazendo inovações que revolucionam completamente as relações de consumo e a captação de recursos com ativos físicos.

Mal começamos a vislumbrar as possibilidades das criptomoedas – o bitcoin tem pouco mais de 12 anos de existência e já existem milhares de moedas digitais no mundo – e estamos lidando com conceitos como a tokenização e os NFT.

De obras de arte a imóveis, passando por recebíveis, ações e estoques, não há ativo, físico ou digital, que escape à inovação e os benefícios de tokenizartransformar um bem em ativo digital criptografado em uma blockchain.

As vantagens são muitas, especialmente para as empresas de todos os segmentos de mercado, pois é uma forma eficiente, segura e rápida de captar recursos para novos projetos para um número muito maior de pessoas.

Mas certamente, você deve se perguntar: será que vale a pena tokenizar equipamentos ou os estoques? Vou gerar capital com as duplicatas a receber tokenizadas?

E a pergunta que toda revolução tecnológica provoca: negociar ativos como tokens é seguro?

Nesse artigo, vamos mostrar 6 respostas sobre tokenização para ajudar você a entender mais sobre essa forma revolucionária de fazer negócios!

1 – DE FORMA SIMPLES: O QUE É TOKENIZAR ATIVOS?

Como a expressão já diz, tokenização é criar uma representação criptografada, o token, de qualquer bem, seja físico ou digital. Esse formato digital é a base de criação das criptomoedas.

Dessa forma, a venda será feita no ambiente de blockchain, os tokens do ativo ficarão em uma carteira digital do proprietário à disposição de compradores, que usarão seus saldos em suas digital wallets para fazer as compras.

2 – TOKENIZAR NO BRASIL É LEGAL?

Sim. Por não ter ainda uma lei específica, a tokenização é tratada pela legislação que cuida de crowdfunding, bem como o código civil para tratar das relações jurídicas.

Além disso, diversos ativos naturalmente têm regulações específicas, como os tokens de seguridade – ações, debêntures e outros – que devem ser observadas na decisão de tokeniza-los.

3 – COMO É FEITA A TOKENIZAÇÃO?

Basicamente, a companhia decide gerar tokens para oferecer um ativo digital – por exemplo, uma empresa do agronegócio decide tokenizar uma safra de soja.

Ela deve procurar uma empresa especializada em tokenização – a BLOCKBR é uma delas – que fará a análise do bem, o prazo e o potencial de captação através da blockchain e uma série de outros dados para iniciar o processo de tokenização.

4 – É POSSÍVEL TOKENIZAR QUALQUER BEM?

Sim. Não há restrição de categoria ou de valor, se é um bem físico como uma obra de arte ou digital – por exemplo, gerar tokens da carteira de recebíveis da empresa.

Evidentemente, deve ser feita uma análise prévia sobre o valor, o grau de liquidez, as garantias, a observância à legislação, as vantagens para os compradores e as expectativas de tempo e retorno financeiro.

A tokenização é mais eficiente quanto menor for a liquidez do ativo, pois suas vantagens estão ligadas diretamente à capacidade de gerar capital em menos tempo por conta da divisibilidade dos tokens.

5 – APENAS EMPRESAS PODEM TOKENIZAR ATIVOS?

Não. O processo de gerar tokens de bens pode ser feito com patrimônio de pessoas físicas, o que acontece com frequência com obras de arte e outros colecionáveis que, muitas vezes, têm valor relevante e muita atratividade.

Também é possível tokenizar imóveis ou contratos de aluguel associados a eles.

6 – O QUE É A DIVISIBILIDADE DE TOKENS?

Esse é um grande diferencial nos bens tokenizados; eles podem ser fracionados de forma que as partes se tornam acessíveis para um número maior de investidores.

Um lote de extração de pedras preciosas pode ser tokenizado em 1000 partes, de forma que grupos de investimento comprem muitas cotas e pessoas físicas adquiram poucas, mas ambos se beneficiarão proporcionalmente da valorização do ativo.

A divisibilidade democratiza o acesso e, por esse motivo, aumenta a viabilidade de captação do capital desejado pelo proprietário do ativo.

O QUE É A DIVISIBILIDADE DE TOKENS?

7 – QUE FATORES PODEM ME CONVENCER A TOKENIZAR OS ATIVOS?

MAIOR LIQUIDEZ

O fracionamento de digital assets de baixa liquidez no mercado – tokenizar estoque ou máquinas de produção, por exemplo – amplia a massa de potenciais investidores.

Com isso, a captação de recursos pode vir mais rápida. Gerar capital com um imóvel fracionado em mil tokens é mais rápido do que vendê-lo pelo todo no mercado.

SEGURANÇA TOTAL

Da criação dos tokens até as efetivas entregas das frações e do montante captado, tudo é feito em uma blockchain – um ambiente digital criptografado, descentralizado – não há um poder central que regule ou interfira nas transações – e sem atuação humana.

A rede de blocos:

  • Atesta a integridade digital do emissor de tokens e o investidor em cada transação;
  • Registra as transações em um livro-razão digital para serem consultadas;
  • Ao final do projeto, se alcançado o valor proposto, libera todas as frações de tokens aos respectivos compradores e o capital obtido à empresa.

O ambiente é totalmente imune a ciberataques. Não há registro de invasão bem-sucedida a uma das blockchains existentes atualmente.

As transações são suportadas por smart contracts, arquivos digitais que refletem as obrigações e direitos de um contrato físico, incluindo as disposições legais sobre classes de ativos como as ações e os imóveis.

MAIS AGILIDADE

As transações de tokens são finalizadas instantaneamente após a blockchain atestar a integridade dos dados do emissor dos tokens (o proprietário) e o investidor e ficarão à espera do final do projeto e da confirmação de que o valor desejado foi atingido.

Não há a burocracia de aprovação de crédito ou autorização de cartão de crédito – os recursos devem estar na carteira digital do interessado.

BENEFÍCIO À MARCA

Usar as inovações tecnológicas para conferir mais agilidade e segurança às operações internas e de clientes e investidores é um valor importante para a imagem das marcas. Clientes gostam de ver o quanto as empresas apostam na vanguarda de soluções.

CONHEÇA OS SETORES E PRODUTOS ONDE A BLOCKBR ATUA

A BLOCKBR trabalha com a transformação de produtos financeiros e físicos em ativos digitais, no processo conhecido como tokenização, em diversos setores da economia. Conheça alguns deles abaixo.

  • Artes e Colecionáveis: esses são os ativos pioneiros na tokenização e que estão os NFT (ativos não fungíveis) populares, pois podem ser usados para tokenizar obras de arte, coleções e até registros digitais que sejam únicos e relevantes;
  • Agronegócio;
  • Extração de pedras preciosas;
  • Imóveis ainda em projeto ou construídos;
  • Contratos de aluguel;
  • Recebíveis;
  • Biotecnologia.

Seu ativo não está entre os negócios listados aqui? Traga o seu projeto para que a nossa equipe avalie com todo o cuidado e entregue a melhor proposta para você!

Acreditamos que a descentralização e os benefícios proporcionados pela tecnologia blockchain nos leva à democratização de oferta dos mais variados tipos de ativo e também de acesso por investidores dos mais variados perfis.

BLOCKBR Digital Assets é uma fintech que une a inovação tecnológica e o conhecimento digital para transformar ativos físicos em digitais, no processo de tokenização de ativos.

A oferta de ativos físicos e financeiros tokenizados, tanto os atuais quanto novos, é democrática e descentralizada, o que torna a forma de investir segura, mais simples e mais eficiente.

Viabilizamos, estruturamos, emitimos e fazemos a oferta de tokens em nossa plataforma e fora dela. Esteja ciente que tokens dependem de viabilidade e fatores regulatórios.

Você quer tokenizar seu negócio ou parte dele? Tem uma solução de negócio e faz sentido emitir seu próprio token?

Preencha o nosso formulário e entraremos em contato.

BLOCKBR: ativos digitais impulsionando resultados e sonhos!

Compartilhe esse conteúdo

Você pode gostar também